Projeto que regulamenta atividade de desmanches é aprovado



A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou projeto de lei de autoria do governador Geraldo Alckmin que regulamenta a atividade dos desmanches de veículos no Estado. Para comercializar peças de veículos, os estabelecimentos precisarão manter cadastro no DETRAN-SP e na Secretaria da Fazenda e cumprir uma série de requisitos.

Entre eles está a adoção de um sistema que permita rastrear todas as etapas do processo de desmontagem, desde a origem das partes e peças, incluindo a movimentação do estoque, até a sua saída. O objetivo é garantir segurança ao consumidor final e permitir o controle e a fiscalização pelos órgãos públicos competentes.

Segundo a proposta, todas as partes e peças de veículos desmontados, inclusive as restauradas ou recondicionadas, deverão ser objeto de identificação, por meio de gravação, de forma a permitir a rastreabilidade.

Uma outra novidade é a chamada adoção do “ciclo completo”: as empresas que atuam na compra de veículos para desmonte terão que ser responsáveis pelo manejo das peças até a venda ao consumidor final.  A medida visa impedir a comercialização de peças sem o controle rígido, o que facilitaria fraudes e a inclusão de materiais roubados ou furtados.

O secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, destaca que a medida ajudará a combater crimes como o roubo e furto de veículos, além de crimes associados - principalmente o latrocínio. “Esta é uma medida estruturante, que quebra o elo da cadeia do crime”, afirma o secretário.

Conforme Grella e especialistas em segurança, os desmanches são um elo fundamental no ciclo econômico da criminalidade, pois são o destino da maioria dos veículos roubados. “E o roubo de veículos tem forte vínculo com os latrocínios: 50% dos casos ocorrem numa tentativa do ladrão de roubar um carro ou uma moto”.

Os comércios que não seguirem a lei, vendendo irregularmente peças e acessórios sinistrados ou apreendidos por ato administrativo ou de polícia judiciária, poderão sofrer sanções que vão de multa à cassação dos registros de funcionamento.

O projeto aprovado também prevê condições ambientais adequadas para o funcionamento do desmanche. Entre estas condições está possuir piso 100% impermeável nas áreas de descontaminação e desmontagem do veículo, bem como na de estoque de partes e peças.

O credenciamento será anual e poderá ser renovado, desde que o estabelecimento continue a cumprir as exigências da legislação.

Os desmanches terão prazo de seis meses a partir da publicação da lei para se adequarem às exigências.

Governador sanciona lei que regulamenta desmanches

Desmanche deve ser credenciado no Detran e na Secretaria da Fazenda. Empresas terão seis meses para se regularizarem

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, sancionou nesta quinta-feira (2) lei que regulamenta a atividade de desmonte e reciclagem de veículos em todo o Estado. Quando a lei for publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo, os desmanches terão seis meses para se regularizar, caso contrário, poderão ser multados, descredenciados e até lacrados.

De acordo com o texto da lei, aprovada na Assembleia Legislativa, quem trabalha com desmanche de veículos deve ser credenciado no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e na Secretaria da Fazenda e só empresas credenciadas poderão revender peças ao consumidor final. Para facilitar o rastreamento, todas as peças dos carros devem ser identificadas e ter notas fiscais eletrônicas. A lei também diz que as empresas devem evitar a contaminação do solo na área do desmanche.

 

Fonte: http://portaldaautopeca.com.br/home/





Onde Estamos


Vip Data - Desenvolvimento de sistemas

Rua Dr Italo Peccioli , 220
CEP: 17.209-690 - Jaú/SP
Fone: 14 3621-7624
e-mail: vendas@vipdata.com.br

Horários: Atendimento em horário comercial
Seg. a Sex. - 08h as 11h | 13h as 17h30


Entre em Contato























Rua Dr Italo Peccioli , 220
CEP: 17.209-690 - Jaú/SP
Fone: 14 3621-7624
E-mail: vendas@vipdata.com.br

Twitter  Facebook
ENTRE EM CONTATO
Nome

E-mail

Telefone

Cidade

Mensagem