Varejo ensaia reação para fim de ano



As vendas do varejo paulistano no Dia das Crianças devem ser boas, segundo projeções da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). A expectativa é de alta de 2% na comparação com igual data do ano passado, o que ajuda a sustentar o otimismo também para as vendas de final de ano. De acordo com Emílio Alfieri, economista da ACSP, como a data é a última antes do Natal, o resultado pode ser visto como um indicador do comportamento dos consumidores para o restante do ano.


Os resultados positivos, se confirmados, marcariam uma reversão do que se observou ao longo de 2014. Alfieri destaca que este ano foi marcado pela Copa do Mundo no primeiro semestre, o que afetou as vendas do varejo em todo o País, e pelas eleições presidenciais que acontecerão em outubro. Além disso, diz ele, o contexto geral, marcado por juros altos, queda na confiança por parte dos consumidores e crédito mais restrito, tornam o momento mais difícil para o comércio.

Na avaliação de Alfieri, "o varejo está em marcha lenta, mas apresenta equilíbrio". Neste ano, diz, as encomendas dos varejistas às indústrias estão atrasadas para os padrões nesta época do ano.

Com relação ao Dia das Crianças, os brinquedos eletrônicos devem ser os mais solicitados neste ano, o que inclui os smartphones e os tablets.



Internet

O economista lembra que o modelo brasileiro de família apresentou transformações nos últimos anos e grande parte dos casais optou por ter menos filhos. Assim, a data, que já foi mais importante, agora disputa o quarto lugar com o Dia dos Pais, bem atrás do Natal, do Dia das Mães e do Dia dos Namorados. Por isso, o varejo especializado precisa investir mais em campanhas de divulgação.

O comércio eletrônico deve registrar alta nominal de 13% nas vendas no Dia das Crianças, segundo prevê a E-bit, empresa especializada em informações do setor. A expectativa é de que entre os dias 28 de setembro a 11 de outubro o faturamento chegue a R$ 1,3 bilhão.

A E-bit ainda manteve a expectativa de que o crescimento do faturamento do e-commerce em 2014 será da ordem de 20% na comparação com o ano anterior. A projeção leva em conta o avanço das vendas por dispositivos móveis, crescimento da banda larga e adesão de novos consumidores às compras online, diz a empresa em nota.

 

 

Leão não perdoa nem criança

Agradar os filhos no Dia das Crianças vai fazer, por tabela, o leão feliz. É que o volume de tributos incidente nos itens típicos desta data – como jogos eletrônicos e brinquedos em geral – costumam ser pesados. Como exemplo, o percentual de tributos embutidos em um videogame chega a 78,18% do preço do aparelho, é o que aponta levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), realizado para a Associação Comercial de São Paulo (ACSp).
 
Mesmo itens fabricados no País, como tênis, possuem carga de impostos elevada. Neste caso, equivalente a 40% do valor do calçado. Não tem alívio nem mesmo para itens culturais, como ingressos para teatro, que têm 40,85% de impostos embutidos no preço.
 
Até agora, os brasileiros já pagaram cerca de R$ 1,2 trilhão em impostos e contribuições, valor que entrou nos caixas dos governos Federal, estaduais e municipais, do início do ano até então. O dado é do Impostômetro, painel eletrônico instalado na fachada da ACSP que estima, em tempo real, a arrecadação tributária. 

 

Fonte: Diário do Comércio





Onde Estamos


Vip Data - Desenvolvimento de sistemas

Rua Dr Italo Peccioli , 220
CEP: 17.209-690 - Jaú/SP
Fone: 14 3621-7624
e-mail: vendas@vipdata.com.br

Horários: Atendimento em horário comercial
Seg. a Sex. - 08h as 11h | 13h as 17h30


Entre em Contato























Rua Dr Italo Peccioli , 220
CEP: 17.209-690 - Jaú/SP
Fone: 14 3621-7624
E-mail: vendas@vipdata.com.br

Twitter  Facebook
ENTRE EM CONTATO
Nome

E-mail

Telefone

Cidade

Mensagem